Zur Navigation | Zum Inhalt
FVCML0208 10
Bem vindo ao sembarreiras.org!
Nokia cria software para leitura de sms por Cegos PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A finlandesa Nokia desenvolveu um novo serviço de SMS em Braille para pessoas com dificuldades visuais. A tecnologia desenvolvida em conjunto com a Tampere University e a Finnish Federation of Visually Impaired(Associação Finlandesa de Invisuais) destina-se aos telemóveis com ecrã táctil da fabricante.

Criado pelos Nokia Labs, o serviço consiste num leitor de SMS que consegue traduzir os textos escritos para Braille.

Dado que não é possível criar um texto em Braille directamente no ecrã do telemóvel, este serviço funciona através de vibrações que indicam ao utilizador qual é o caracter da mensagem.

Uma das diferenças em relação a outros serviços semelhantes, criados para outros dispositivos que lêem a mensagem em voz alta, é o facto de este ser silencioso, o que pode ser útil para manter a privacidade do SMS, caso esta seja inconveniente num determinado local.

Site do fabricante

Fonte: Jornal Sol

 
CADIn VAI AO NORTE Pessoa, Família e Escola: Intervenção no Desenvolvimento Atípico PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

Panfleto CADIn vai ao norte

 

Dado ao sucesso do congresso realizado em Lisboa, o CADIn (Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil) decidiu repetir o evento o Norte com organização conjunta com a APSA  (Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger). Deste modo, no próximo mês de Outubro, vai ao Norte para realizar o Congresso Pessoa, Família e Escola: Intervenção no Desenvolvimento Atípico que irá decorrer nos dias 23 e 24 Outubro 2009 na Fundação Eng. António de Almeida, Porto.

Trata-se de um congresso que aborda diferentes problemáticas dos desenvolvimento infantil abordando entre outras, Dificuldades de Aprendizaegem,  Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção (PHDA), Perturbações do Espectro do Autismo (PEA), Perturbações do Sono e Perturbações Psicossomáticas.

Irão estar presentes profissionais especializados o que constitui uma oportunidade de aprendizagem para Pais, Família, Profissionais, Futuros Profissionais e todos as aqueles que apoiam crianças com problemas de desenvolvimento.

Para este congresso o CADIn  disponibiliza um preço especia para estudantes que decidam participar no evento. Terão a possibilidade de efectuar a sua inscrição por 35 euros.

Site do Evento
 
UTAD facilita vida a candidatos com necessidades especiais PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) criou uma série de condições para facilitar a vida aos candidatos ao Ensino Superior que possuam necessidades especiais. Todos os computadores da sala de candidaturas online possuem leitores de ecrã e software de ampliação para pessoas com deficiência visual. Além disso, foram também facultados interfaces de controlo do computador para pessoas tetraplégicas e para pessoas com pouca destreza nos braços e mãos. Por outro lado, para acesso a informação escrita em papel, existe um scanner com sintetizador de fala que converte texto em voz (por exemplo, recomendações e informações úteis sobre a candidatura) e uma telelupa que permite ver o texto de material impresso ampliado num ecrã. A telelupa também é útil para preencher uma candidatura em papel. O primeiro equipamento é útil para cegos e o segundo para pessoas com baixa visão.

Mas há mais. A entrada e a circulação na sala de candidaturas está livre de barreiras para pessoas com mobilidade reduzida. Entretanto, também a Associação Académica tem vários jovens disponíveis para encaminhar todos os seus futuros colegas que o necessitem.

A primeira fase de candidaturas, antes realizadas no Centro de Área Educativa (CAE) de Vila Real, termina no próximo dia 7. Os candidatos podem obter informações no Website (http://home.utad.pt/acesso) especialmente criado para o efeito pela universidade. Além de esclarecimentos respeitantes a cursos, vagas, procedimentos burocráticos, também se encontra disponível, por exemplo, o guia das provas de ingresso 2009.

Fonte: Semanário Transmontano

Por: Margarida Luzio

Notícia original

 
Lançados questionários para Inquérito de Necessidades de Formação na Utilização das TIC na Educação de Alunos com Necessidades Educativas Especiais. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

No âmbito do trabalho de investigação do Laboratório de Conteúdos Digitais, do Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF) da Universidade de Aveiro, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, foram lançados a nível nacional, na passada segunda-feira dia 20 de Julho de 2009, dois questionários para levantamento de necessidades de formação em TIC em NEE. Pretende-se aferir as necessidades de formação dos Docentes de Educação Especial (DEE), de Apoio Educativo (DAE) e dos Coordenadores TIC/PTE (Plano Tecnológico da Educação) na utilização das TIC na Educação de Alunos do Ensino Básico com NEE. Um primeiro questionário procura identificar as carências de formação em TIC para os DEE e DAE e, o segundo, a formação em NEE essencial para Coordenadores TIC/PTE que se podem deparar com a possibilidade de prestar apoio técnico e pedagógico a alunos que dependem da utilização das TIC para a sua educação.

Os referidos questionários estão disponíveis em formato electrónico nos endereços:

- Para DEE e DAE – http://wsl2.cemed.ua.pt/jaime/dae.asp

- Para Coord. TIC/PTE - http://wsl2.cemed.ua.pt/jaime/coo.asp

Continuar...
 
Uma nova forma de aprender ciências PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 Banner Sere

O courseware Sere desenvolvido por autores da Universidade de Aveiro assume-se como uma forma inovadora e apelativa de aprender ciências, captando a atenção de alunos com diferentes formas de aprender e estimulando a interacção social.

Recheado de atraentes animações e texto narrado, assume-se como uma forma alternativa e/ou complementar de aprender ciências, nomeadamente, sobre Desenvolvimento Sustentável, uma temática muito actua. Capta a atenção de aluno e incentiva à exploração e aprendizagem.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Seguinte > Final >>

Página 20 de 21

Destaques

A Cnotinfor é uma empresa que comercializa Tecnologias de Apoio e Software específico para Necessidades Educativas Especiais. Dinamiza várias formações onde são abordados os seus produtos e a forma como podem ser utilizados.

O Centro de Formação CNOTI, em parceria com a Universidade de Évora, irá promover o Curso Tecnologias de Apoio para Necessidades Educativas Especiais, nos dias 9 e 10 de Setembro de 2010, entre 9h e as 18h, no Colégio do Espírito Santo - Edifício Nobre da Universidade de Évora.

Trata-se de um curso de formação pensado para todos os intervenientes na área da Educação Especial desde educadores, professores, psicólogos, animadores, terapeutas e outros profissionais nesta área, que sintam necessidade de analisar, acompanhar e aconselhar tecnologias de apoio e ajudas técnicas para pessoas com Necessidades Educativas Especiais.

O curso de Tecnologias de Apoio para Necessidades Educativas Especiais, tem como objectivos:
  • Conhecer e utilizar ajudas técnicas disponíveis no mercado – software, hardware e periféricos de acessibilidade
  • Avaliar necessidades de acessibilidade
  • Conhecer e utilizar tecnologias de apoio à comunicação e aprendizagem no âmbito das necessidades educativas especiais
  • Conhecer e utilizar sistemas de comunicação aumentativa e alternativa
  • Adequar a cada indivíduo as ajudas técnicas que potenciem as suas capacidades de comunicação e aprendizagem
  • Configurar periféricos de acessibilidade e software inclusivo
Este curso aborda temáticas como a comunicação aumentativa e alternativa, as tecnologias de apoio à comunicação, o direito à inclusão e permite ainda, a quem participar no mesmo, a utilização de software inclusivo - Comunicar com Símbolos, inVento 2, Aventuras 2, e Periféricos de Acessibilidade.

O curso Tecnologias de Apoio para Necessidades Educativas Especiais tem uma carga horária de 16 horas e uma propina de inscrição de 50,00€ (cinquenta euros), para pagamentos efectuados até dia 23 de Agosto, e 75,00€ (setenta e cinco euros), para pagamentos efectuados até 6 de Setembro.

As inscrições estão limitadas a um máximo de 20 formandos, e processam-se através do preenchimento de um formulário de inscrição e subsequente pagamento da propina de inscrição.

Nota importante: os formandos deverão ter computador para frequentar o curso.

Acreditamos que esta actividade formativa se constituirá como uma mais-valia no contexto profissional dos técnicos de Educação Especial.

As inscrições podem ser realizadas aqui.

Consulte a Cnotinfor para mais informações: Tel. (+351) 239 499 230 ou oficinas@cnotinfor.pt

Newsletter