Zur Navigation | Zum Inhalt
FVCML0208 10
Bem vindo ao sembarreiras.org!
Encontro Matemática e Criatividade com Educação Especial no programa PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Poster Matemática de CriatividadeNos dias 29 e 30 de Junho de 2012 irá realizar-se na Universidade de Aveiro o Encontro Matemática e Criatividade no Pré-escolar e 1ºCEB: práticas de referência.

É um encontro que procura (in)formar sobre novas estratégias de se abordar a matemática nos primeiros anos da nossa aprendizagem.

O seu programa conta com formadores de renome a nível nacional, conhecidos por dinamizar novas formas de ensinar e aprender matemática.

A diversidade do programa é igualmente de salientar, observando-se a inclusão de workshops que contemplam o ensino da Matemática com alunos com Necessidades Educativas Especiais.

O Encontro possui ainda vagas para um Curso de Formação com atribuição para os participantes que se inscreverem atempadamente e concluírem o relatório de reflexão relacionado com os workshops e comunicações a que se assistiu.

Este encontro promete, aconselhamos a inscrição antecipadamente para assegurar a vaga também no curso de formação.

Saiba mais aqui.

Descarregue os posters de divulgação aqui e mostre na sua escola.

 
Centros de Recursos TIC para a Educação Especial PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Existem a nível nacional estruturas sob a alçada do Ministério da Educação que têm como missão (in)formar acerca da utilização das Tecnologias de Apoio na educação de alunos com Necessidades Educativas Especiais.

Cabe ao sembarreiras.org dar a conhecer estas estruturas que devem ser consultadas pelos professores que apoiam alunos com limitações funcionais que prejudicam a sua aprendizagem.

Ida Brandão da DGIDC prestou-nos a informação que se segue que se espera que seja útil e promova a consulta a estes centros.

Continuar...
 
Livros adaptados para a leitura autónoma de crianças com baixa visão PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

As novas tecnologias, mesmo as mais convencionais e de uso regular, podem ser uma mais valia para alunos que apresentam limitações funcionais que os impedem de aceder normalmente ao currículo e participar na sua aprendizagem. Chegou até nós mais um exemplo de como, com criatividade e, a baixo ou nenhum custo, é possível criar materiais pedagógicos para trabalhar com alunos com problemas na sua aprendizagem.

Apresentamos aqui dois livros um por Cíntia Palmeira e outro por Francisco Fernandes, adaptados para a leitura autónoma de crianças com baixa visão. Fazendo uso das potencialidades da ferramenta ISSUU, que transforma ficheiros pdf, em livros com interatividade é possível folhear um livro com um clique e, no caso da baixa visão, navegar com rato por zonas ampliadas de texto que ficam assim com leitura facilitada.

Folheiem e usem com os vossos alunos e... criem e sobretudo partilhem, sejam autores de recursos gratuitos em prole da educação de alunos com NEE.

Cliquem sobre o livro para o verem em ecrã inteiro e uso ESC para sair.

Basta clicarem sobre a zona que querem ler para ficar ampliada.

 
Pictogramas gratuitos comunicação aumentativa e alternativa - Arasaac e Picto Selector PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Pictogramas ArasaacOs pictogramas ou símbolos de comunicação são vastamente utilizados para o trabalho com jovens com problemas de comunicação e necessitam de recorrer a Sistemas Aumentativos e Alternativos de Comunicação (SAAC). Pessoas com paralisia cerebral e autismo sem competência leitora são populações que usualmente integram símbolos de comunicação nos seus SAAC.

Existe uma primazia de software pago, contudo existem também alternativas gratuitas viáveis. 

Devemos relembrar que um sistema de comunicação não se caracteriza unicamente pelos símbolos que são utilizados e, certamente, que não nos devemos limitar aos comercialmente mais conhecidos. O importante é que os símbolos sejam funcionais e percetíveis para o seu utilizador e que o outro interveniente receba um feedback auditivo e/ou visual igualmente percetível.

Continuar...
 
Uso do Bubble Dialogue na intervenção terapêutica com um jovem com Síndrome de Asperger PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Neste artigo apresentamos uma experiência com recurso a software específico que obteve resultados positivos no apoio a um adolescente com síndrome de Asperger.

Logo Bubble DialogueBubble Dialogue é uma aplicação que foi desenvolvida pelo Language Development and HyperMedia Research Group na University of Ulster em Coleraine. Utiliza imagens de personagens de desenhos animados ou outras numa situação de promoção de diálogo. Os intervenientes concretizam o diálogo através de balões que surgem em cima das cabeças dos personagens. Cada troca de diálogo consiste num balão de fala em cima de um personagem e um balão de pensamento sobre o outro. A próxima cena inverte este padrão, com o segundo personagem a falar e o que falou primeiro . Desta forma, incentiva-se a separar sentimentos não verbalizados da comunicação falada. Novamente, esta ferramenta aplica-se à visão construtivista que o significado é um processo socialmente negociado, e pode ser usado para incentivar a compreensão das múltiplas perspetivas.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Página 6 de 21

Destaques

 

O portal sembarreiras.org conta actualmente com uma nova ligação que pode ser acedida através do menu da barra a negro. Trata-se do Fórum D-Eficiente procura explorar a potencialidade de discussões em comunidade como forma de partilha e aprendizagem. O D-Eficiente é um projecto criado do ano 2006, com intuito de proporcionar algumas informações importantes e úteis para as pessoas com necessidades especiais bem como mudar os comportamentos das pessoas com necessidades especiais e modificar as opiniões que o público geral tem sobre estas pessoas.Na medida em que o site convida utilizador a participar activamente na sociedade e no site. O projecto Acesso, ajuda a um cidadão com deficiência a ser mais autónomo, bem como na secção do fórum o utilizador poderá debater questões relacionadas com a deficiência.

Newsletter